Nosso alimento é a nossa saúde

Quando a dieta está errada, o remédio é inútil. Quando a dieta está certa, o remédio é
desnecessário. Provérbio Ayurveda

Nosso corpo é formado pela comida que ingerimos. Há constante desgaste dos tecidos do
corpo; todo movimento de qualquer órgão implica um desgaste, o qual é reparado por meio
do alimento. Cada órgão do corpo requer sua parte de nutrição. O cérebro deve ser abastecido
com sua porção; os ossos, os músculos e os nervos requerem a sua. Maravilhoso é o processo
que transforma a comida em sangue, e se serve desse sangue para restaurar as várias partes
do organismo; mas esse processo está prosseguindo continuamente, suprindo a vida e a força
a cada nervo, cada músculo e tecido.

Devemos escolher o alimento que melhor forneça os elementos necessários para a edificação
do organismo. Nessa escolha, o apetite não é um guia seguro. Mediante hábitos errôneos de
comer, o apetite se tornou pervertido. Muitas vezes exige alimento que prejudica a saúde e a
enfraquece em lugar de fortalecê-la. Não nos podemos guiar com segurança pelos hábitos da
sociedade. A doença e o sofrimento que por toda parte dominam são em grande parte devidos
a erros populares com referência ao regime alimentar.

A fim de saber quais são os melhores alimentos, cumpre-nos estudar o plano original de Deus
para o regime do homem. Aquele que criou o homem e lhe compreende as necessidades
designou a Adão o que devia comer:

Eis que vos tenho dado toda erva que dá semente…e toda árvore em que há fruto de árvore
que dá sementes; ser-vos-ão para mantimento.” Gên. 1:29. Ao deixar o Éden para ganhar a
subsistência lavrando a terra sob a maldição do pecado, o homem recebeu também permissão
para comer a “erva do campo” Gên. 3:18.

Cereais, frutas, nozes e verduras constituem o regime dietético escolhido por nosso Criador.
Esses alimentos , preparados da maneira mais simples e natural possível , são os mais
saudáveis e nutritivos. Proporcionam uma força, uma resistência e vigor intelectual que não
são promovidos por uma alimentação mais complexa e estimulante.

“As pessoas que se têm habituado a um regime muito condimentado, altamente estimulante, têm um gosto não natural, e logo não podem apreciar o alimento simples. Levará tempo até que o gosto se torne natural, e o estômago se recupere do abuso sofrido. Mas os que perseveram no uso do alimento saudável, depois de algum tempo o acharão agradável ao paladar. Seu delicado e delicioso sabor será apreciado, e será ingerido com maior satisfação do que se pode encontrar em nocivas iguarias. E o estômago, numa condição saudável, não estimulado nem sobrecarregado, está apto a se desempenhar mais facilmente de sua tarefa.”
A Ciência do Bom Viver, p. 295, 296, 298, 299

O projeto Mulheres em Missão, deseja ajudar as mulheres serem saudáveis e saberem
escolher o que comprar para alimentarem a sua família com sabedoria e a com a bênção de
Deus.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn