Como falar de Jesus para pessoas que não conhecemos

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Imagem: Freepik

Falar sobre Jesus para alguém desconhecido pode ser uma experiência delicada e importante ao mesmo tempo. Por mais que levar o evangelho para a sua família ou amigos envolva certos cuidados, falar sobre Jesus com pessoas que não fazem parte do seu ciclo de amizade demanda um preparo maior. Neste texto, daremos algumas sugestões para abordar o assunto de uma maneira respeitosa e aberta.

Como falar de Jesus

Primeiro, é importante estabelecer uma conexão genuína com a pessoa. Comece encontrando algo em comum, talvez um interesse compartilhado ou uma experiência semelhante. Isso pode ajudar a criar um ambiente de confiança e receptividade. Esse foi o exemplo que o próprio Cristo nos deixou.

Ao iniciar a conversa sobre Jesus, seja sensível ao contexto e aos sentimentos da outra pessoa. Respeite suas crenças e evite impor suas próprias opiniões. Esteja aberto para ouvir e entender o ponto de vista dela. Muitas vezes somos tomados pela vontade de defender a Deus, enquanto deveríamos nos ocupar em testemunhar das maravilhas que Ele faz.

Aproximar ao invés de afastar

Ao compartilhar sobre Jesus, concentre-se nos aspectos universais de sua mensagem, como amor, compaixão, perdão e esperança. Você pode contar histórias ou parábolas que ilustrem esses princípios de uma forma acessível e relevante para a vida cotidiana.

Neste ponto é importante dizer que temas “polêmicos” não devem ser ignorados, e que a Lei é sim um ponto muito importante da palavra de Deus. Ainda sim, não devemos adotar uma postura combativa ao falar de Jesus. Principalmente no primeiro contato, devemos aproximar as pessoas e não distanciá-las. O Espírito Santo trabalhará em cada indivíduo para que a transformação de vida ocorra na hora certa.

Evite usar uma linguagem muito religiosa ou dogmática, que possa alienar a outra pessoa. Em vez disso, use uma linguagem simples, transmitindo a mensagem de Jesus de uma forma que ressoe com a experiência e as necessidades da pessoa com quem você está conversando.

Se a outra pessoa estiver interessada, esteja preparado para responder a perguntas e oferecer mais informações sobre Jesus e sua mensagem. No entanto, se ela não estiver interessada ou confortável com o assunto, respeite sua decisão e não pressione a conversa.

Lembre-se de que falar sobre Jesus é mais do que transmitir informações; é compartilhar o amor e a graça que Ele representa. Portanto, deixe seu amor e respeito pelas outras pessoas brilharem através de suas palavras e ações, independentemente de concordarem ou não com suas crenças religiosas.

Veja outros artigos

O que acontece depois do Dia das Mães

No último domingo, milhares de mães, em todo o Brasil, almoçaram com seus filhos, receberam presentes, foram parabenizadas e homenageadas publicamente. Mas

Esperança diante do sofrimento

Algumas passagens bíblicas se tornam complicadas de entender, e acreditar, quando tragédias acontecem. Mesmo para mulheres de fé pode ser um desafio

O trabalho exemplar de Rute

Aproveitamos o Dia do Trabalho para honrar a força e a dedicação de todas mulheres que fazem parte do Mulheres em Missão.