O que acontece depois do Dia das Mães

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Imagem: Freepik

No último domingo, milhares de mães, em todo o Brasil, almoçaram com seus filhos, receberam presentes, foram parabenizadas e homenageadas publicamente. Mas o que acontece depois que o Dia das Mães passa? Enquanto incontáveis mulheres precisam voltar aos desafios do mercado de trabalho, outras tantas dão tudo de si em seus lares, superando cada uma os seus próprios gigantes. Diante de uma realidade em que muitas mães parecem quase invisíveis em suas rotinas, precisamos nos lembrar que nenhuma delas escapa do olhar gentil do nosso Pai celestial.

Eu não me esqueci de ti

Quero chamar a sua atenção para a história de uma mãe que foi abandonada por todos, e em sua mais profunda aflição o próprio Deus a consolou e protegeu. Depois de servir aos seus senhores com tudo o que tinha (e era), Agar foi tratada como um empecilho frente a promessa de Deus. De fato, a tão aguardada descendência de Abraão deveria vir de Sara, e não de sua serva, mas a culpa pela desobediência não era de Agar.

Quando Isaque, o verdadeiro filho da promessa, nasceu, as intrigas se intensificaram e Agar, junto ao seu filho Ismael, foi expulsa da comunidade. Sem lar, sem água e sem perspectiva de salvação, a mãe solitária vagou pelo deserto de Berseba até que não teve mais forças para continuar. Atormentada pela possibilidade de ter o filho morto em seus braços, Agar deixou Ismael sob a sombra de algumas árvores e passou a observá-lo de longe.

Esse poderia ser o triste fim de uma mulher que sofreu as consequências da falta de fé de outras pessoas, contudo, o mesmo Deus que prometeu fertilidade à Sara, fez questão de garantir um futuro para o filho de Agar. O que houve a seguir foi a prova da misericórdia divina.

“E ouviu Deus a voz do moço, e bradou o Anjo de Deus a Agar desde os céus, e disse-lhe: Que tens, Agar? Não temas, porque Deus ouviu a voz do moço desde o lugar onde está. Ergue-te, levanta o moço e pega-lhe pela mão, porque dele farei uma grande nação. E abriu-lhe Deus os olhos, e viu um poço de água; e foi e encheu o odre de água e deu de beber ao moço.” Gênesis 21:17-19.

Nenhuma mãe está sozinha

Não importa qual a sua realidade, quais desafios você enfrenta, quais erros cometeu ou quais foram os seus certos. Tenha em mente que o seu Criador lhe guarda e protege durante todos os dias do ano, e não apenas no Dia das Mães.

Você recebeu a mais nobre missão da existência humana, e foi criada à imagem de Deus com a capacidade de gerar a vida. Ainda que o pecado tenha deturpado a mente de homens que não se deixaram ser transformados pelo agir de Deus, você tem um Pai amoroso que preparou um lindo lar para que você possa habitar com Ele no céu.

A vida pode parecer difícil, assim como a maternidade possui os seus próprios desafios, contudo, nenhuma mãe está sozinha. No momento da sua aflição, clame ao Senhor em alta voz, e Ele lhe abrirá os olhos para o futuro adiante.

 

Veja outros artigos

Esperança diante do sofrimento

Algumas passagens bíblicas se tornam complicadas de entender, e acreditar, quando tragédias acontecem. Mesmo para mulheres de fé pode ser um desafio

O trabalho exemplar de Rute

Aproveitamos o Dia do Trabalho para honrar a força e a dedicação de todas mulheres que fazem parte do Mulheres em Missão.